Rss Feed Tweeter button Facebook button

IMG_9734Digo, gelada! Pegamos um frio da ‘gota serena’, na África do Sul. Mas como a semana passada foi festiva, aguentamos o arrocho, nos encapuzamos e fomos curtir a menina, que fazia aniversário e concluia a pós em Culinary Arts, na Prue Leith, em Pretoria. Nos organizamos para passar a semana com ela e depois, ir comemorar passando uns dias em Pilanesberg. Um belo parque Nacional, há duas horas de carro.

IMG_9749Uma felicidade para nós, acompanhar de perto a trilha que ela vem percorrendo. Construindo uma carreira pautada na técnica, estudo e dedicação.

27Depois da colação, ainda tivemos uma tarde de compras na Mandela Square, e no outro dia, seguimos para o nosso destino. Nos hospedamos no Ivory Tree, um lodge na entrada do parque. Lindíssimo, a única observação que faço, é com relação ao ‘buffet’, achei um pouco fraco, levando em consideração que se trata de um estabelecimento 5 estrelas.

29Pegamos duas suítes maaaaaaravilhosaaaaas. Imensas. Composta por sala com lareira, pátio com piscina privativa e ducha externa. Arrumado duas vezes ao dia…de noite, quando chegávamos do safari, o quarto já estava devidamente aquecido, cama arrumada para dormir, dossel fechado, chocolates sobre os travesseiros, água em cada criado, cortinas fechadas. Um mimo só!

28Decoração rústica, que eu amo!

36Pátio super simpático, com espreguiçadeiras e piscina privativa!

30Banheiro lindo, com ducha externa, sanitário separado e banheira grande! Roupões e pantufas, também estavam à disposição e ‘amenities’ deliciosos.

34Quando chegávamos do safari da noite, nos esperavam com chocolate quente e uma grande fogueira. Pegamos muuuuuuuuuuito frio durante os safaris. No carro, há cobertores a disposição.

23

24No total, foram seis safaris. Três pela manhã (os mais frios) e três no final da tarde. Cheguei bem ao hotel, mas amanheci doente, não pude ir no primeiro safari da manhã…ainda bem, porque não imaginava o frio que iria pegar. Marido e filha, chegaram ao hotel, sem sentir as extremidades do corpo. Coisa mais difícil é vê-lo reclamar, fiquei com dó do marido nesse dia.

20Depois fomos pegando o jeito, indo mais preparados 😉

21😀

7Mas valeu ter passado tanto frio. A vida selvagem por lá, é incrível. No primeiro safari da tarde (no dia em que chegamos), um elefante não nos deixou passar. Tivemos que pegar outro caminho. Dos ‘big five’, não vimos leopardo e búfalo.

6Mas tivemos muita sorte já no primeiro safari, vendo um pequeno grupo de rinos. Que posteriormente vimos no passeio de balão.

14O passeio de balão foi fantástico, é operado pela Mankwe Game Trackers, é caro, mas valeu cada centavo. Vôo super seguro, baixo, dando para observar a vida selvagem, terminando com brinde e café da manhã no Bakubung Bush Lodge.

15Filhota aproveitou bastante do papai e da mamãe! <3

 

12Tim tim!

***************

Segue mais algumas fotos, feitas pelo marido, por mim e pela filha:

123458109😉

 

11261917Espia a proximidade do elefante, há uma cerca elétrica aí. Alguns hóspedes aproveitaram para fazer ‘sefies’ irritando o bicho, pelo menos três vezes foram alertados do perigo. Infelizmente há gente sem noção em todo lugar. Só observo! Mas foi um passeio incrível. Em janeiro, foi a vez da Natacha, em Mauricius. Agora, a vez da Gabi em Pilanesberg. Pra onde será que levaremos o filho e a nora, ano que vem, depois da formatura?

Quem quiser ver mais fotos, segue lá no FB ou Instagram <3

Beijocas e super final de semana! Contando os dias para ir pra casa…14!!!

 

 


FullSizeRenderFilhota mais velha está de aniversário hoje, 27 anos de muita danadeza…mas quem ganha o presente, somos nós. Na quarta será a formatura dela (Advanced Diploma in Culinary Arts), na Prue Leith Chefs Academy. Quase que deu zebra na nossa ida para lá, ida essa organizada com antecedência. Não sei o que aprontei, mas fiz confusão com as datas, tinha certeza que 17 cairia na quinta. Estava tudo certo para sairmos daqui na quarta. Ainda bem que hoje pela manhã, ao conversar com a filhota, ela me perguntou: que horas vocês chegam amanhã? kkkkkkkkkkkkkk imagine meu susto, a correria do marido para remarcar nosso vôo. O passaporte que ainda não está em nossas mãos…curuzes! O bom é que ganharemos um dia a mais, juntos. A comemoração prosseguirá no Ivory Tree Game Lodge, onde passaremos o final de semana. Vai estar um frio da bexiga, mas nosso amor uns pelos outros, nos manterá aquecidos. Tô poeta, digo, poetisa…rsrsrsrss.

IMG_0754No trabalho de conclusão, a menina fez um menu peruano: Ceviche, Lomo saltado, Suspiro Limeño e Causa peruana. Já posso morrer de orgulho?! A propósito, hoje ela completa 27 anos 😉 Te amo, filha. Feliz aniversário!!!

 

Beijo bem grande e até mais, com as novidades sobre essa nossa viagem 😉


2‘Rumbora’ dar risada, porque rapadura é doce mais não é mole não…e ainda por cima, engorda! Sigo firme e quase forte, com a dieta e com os exercícios. Dá-lhe pedaladas, esteira, alface…chocolate, ops. Num ‘guento’ esses meus amigos que me presenteiam com chocolates, pé de moleque, bolos. Parece que vivem confabulando, para ver se eu aguento. Mas eu os amo, mesmo assim.

1Eu já vinha pedalando lá no Brasil, mas na ciclovia. Como o maridão me presenteou com uma bike aqui, comecei a pedalar dentro do condomínio. O roteiro interno, é asfaltado. O de fora, não. E lá vou eu, sozinha…com um vento forte na cara, ouvindo música, respondendo os cumprimentos que chegam através da cerca.

6E por falar em pedaladas, minha nora linda participou nesse final de semana da Ultramacho (dupla com Tales Augusto), em Chapada dos Guimarães. Pedalou, correu e remou. Eita orgulho.

8O bom é que a família toda acaba sendo ‘afetada’ 😉

4Filhota mais velha também é adepta, usa a magrela como meio de transporte.

5A limpeza, manutenção é por conta do maridão 😉 Ah…e o PAItrocínio de todas essas bicicletas, também. Marido e eu, somos apaixonados pelas transformações causadas pelo esporte.

7E para descontrair, esse diálogo muito doido. Nos proibiram de falar quaisquer outra língua que não seja o inglês/francês/suaíli nas áreas sociais do condomínio, ninguém merece!

Beijos grande e bom início de semana.


Ando meio introspectiva, deve ser saudade das crias humanas e de quatro patas (sorry, Manqueba…três). E a obra que está parada. Quase fugindo das pessoas rsrsrsrsrs…a língua é uma fronteira gigante, no caso daqui, as línguas: inglês/francês/espanhol…e nem sempre tô com animo e paciência para me comunicar. Em contrapartida, sigo animada com os meus exercícios, coloquei a bike na rotina, três vezes por semana…e depois de meses, colocamos os patins e o skate para funcionar 😉 voltei para a dieta prescrita pela nutróloga e os resultados, começam a aparecer, beeeeeeeeeeeeeem devagarim. Há que ter paciência. Ainda bem que daqui uns dias, daremos uma chegada na África do Sul, para dar um ‘xerão’ na menina mais velha. Acho que a seca também me afeta, ainda tem umas poucas flores, mas já está tudo amarelando e assim, permanecerá até novembro. Vamos que vamos, né…porque a vida é boa, a vida é boa! Beijocas!

IMG_0526


paiHoje chorei a perda do meu pai, tenho pensado tanto nele. Como a vida é breve…como perdemos oportunidades de abraçar e dizer: Eu te amo! Eu tentei não perde-las, tentei mesmo…é claro que falhei em algum momento. Mas minha consciência está leve com relação a isso. É que observo as pessoas deixando essa oportunidade passar. A vida passa tão rápido, num piscar de olhos vai-se uma década, uma vida. E o tempo, ah…esse ingrato. Não volta, não nos dá uma segunda chance. Todos os dias, digo e ouço dos meus, EU TE AMO!!! E é sempre tão bom…tão verdadeiro. Hoje também sorri e agradeci, há seis meses minha mana e eu estávamos entrando numa sala de cirurgia. Doei um pedaço meu para ela…e ela, me deu mais motivos para me cuidar. Para estar sempre saudável. Ah…a vida, essa linda!

Beijocas, abençoada quarta-feira para todos nós.

family (448)


costadabaleia

Composta pelos municípios de Alcobaça, Caravelas, Mucuri, Nova Viçosa e Prado, a Costa das Baleias tem como principal atração turística o fenômeno anual de migração das baleias jubarte para o litoral do extremo sul do Estado, que pode ser observado no Parque Nacional Marinho de Abrolhos.

A esse belo espetáculo, aliam-se a extensa e diversa geografia submarina da região, ideal para a prática do mergulho e de outros esportes náuticos, além de outras Unidades de Conservação terrestres e de tradições folclóricas de influência portuguesa. A região conta ainda com outros atrativos, como o Parque Nacional do Descobrimento, a região da Barra do Cahy—local onde a esquadra de Cabral fez o seu primeiro desembarque para abastecimento de água—e o Museu Ecológico Franz Krajcberg, um espaço cultural que se localiza em Nova Viçosa.

A Costa das Baleias dispõe de infra-estrutura básica que inclui aeroportos em Caravelas e Teixeira de Freitas (para aeronaves de pequeno porte), rodovias, serviços de energia elétrica, abastecimento de água e telecomunicações, além de empresas que atendem ao turismo náutico e ao ecoturismo.

***************************

2E a reforma vai de vento em polpa, digo, de chuva em chuva…ou seja, quaaaaase parando. Há 15 meses começamos essa empreitada e confesso, estou cansada. Bem cansada. Espero que em julho, em nossa ida ao Brasil, finalmente a encontremos pronta. Calafrios só de imaginar o contrário! :-(

 

3Quando estivemos lá em março, nos hospedamos na casa grande. Ficaram alguns reparos para trás, como calçada no entorno da varanda e alguns pequenos detalhes.

 

1Precisamos providenciar o gramado.

 

5A edícula lateral ganhou piso superior, com uma suíte espaçosa e varandinha.

 

8Olha as bonitinhas aí 😀

 

7A varanda da casinha <3

 

9A uns cinquenta metros, temos essa bela vista…barra do Rio Peruípe e Ilha de Barra Velha <3

 

10Uma benção!

 

12Mas a paciência…ah…essa daí já se esgotou. Beijocas e que tenhamos um bom final de semana.

*********************

Atualização: fotos novas das obras.

casa (32)Casa grande e Casa pequena…para alugar no Veraneio.

casa (34)Maisonnette.

casa (33)Varanda

casa (31)Varandinha da suíte <3


…devagar, devagar…devagarinho. Há três anos, depois de chegar beeeeem próximo aos três dígitos na balança, busquei ajuda profissional de uma nutróloga e um personal, para poder perder peso. Isso, depois de passar pela endocrinologista e ser diagnosticada/medicada com hipotiroidismo. De lá para cá, muita coisa aconteceu…muitos quilos foram embora, alguns retornaram, e foram e voltaram. 3

1

2

É uma batalha diária. Quando a doença do meu pai chegou no estágio terminal, sucumbi…desanimei. Não dos exercícios, que eu faço desde que me conheço por gente. Mas a comida é sempre uma válvula de escape. Daí veio a doença da minha irmã e a possibilidade de eu ser a doadora. Quando fui na primeira consulta médica, estava com 89 Kg (já havia engordado uns seis quilos, dos quinze que eu havia perdido com a RA).5

Obviamente eu sabia que o médico iria me mandar perder peso, deveria chegar nos 81…limite que ele me impôs para pós-cirurgia. Cheguei aos 79 no dia do transplante. Sai do hospital com 76…perda de sangue, um pedaço da costela, etc…após cinco meses (completou dia 27), sigo com o ponteiro da balança nos 79. Não tenho problema com a aparência do meu corpo, nunca tive. O considero perfeito, é ele quem me leva onde quero. Mas não quero viver no limite. Viajo muito, gosto de experimentar a gastronomia local (na última viagem ganhei 1,5 Kg).  Gosto de cozinhar e gosto de comer. Na época do transplante, tive dois meses para me preparar. E consegui, com a ajuda das meninas. Conseguirei baixar novamente, com a ajuda do marido. Ele me presenteou com uma bicicleta, que tenho usado nos finais de semana e nesse domingo, farei a estréia da magrela na trilha. Tenho usado o elíptico todos os dias, hoje consegui fazer 75 minutos/16,5 Km. No mesmo esquema de sempre (passado pela nutróloga) 5 minutos com 137 batimentos e 1 minuto com 170 minutos. É monótono e cansativo, mas não tenho opção.4

Aqui não tenho a diversidade de alimentos que temos no Brasil, tenho que rebolar para conseguir me alimentar de forma mais saudável possível. Então, vamos que vamos. Um dia por vez, mantendo a boca fechada e o corpo e a mente, ocupados.

Beijocas!

*******************

É devagar
É devagar é devagar devagarinho
É devagarinho
É devagar
É devagar é devagar devagarinho
Devagarinho é que a gente chega lá
Se você não acredita você pode tropeçar
E tropeçando o seu dedo se arrebenta
Com certeza não aguenta
E vai xingar

Eu conheci um cara
Que queria o mundo abraçar
Mas de repente deu com a cara no asfalto
Se virou olhou pro alto
Com vontade de chorar

Sempre me deram a fama
De ser muito devagar
E desse jeito vou driblando os espinhos
Vou seguindo o meu caminho
Sei aonde vou chegar


…é só um sonho que se sonha só. Mas sonho que se sonha junto…É REALIDADE. Em 2011, compramos o sonho da menina mais velha, que trocou a Psicologia pela Gastronomia. Mudamos a ‘casa’ de Minas para o ES, onde a caçula terminou o segundo grau e posteriormente ingressou no curso de Arquitetura e a mais velha, cursou Gastronomia. Terminando sua graduação, a mandamos para Johannesburg, para estudar inglês na Wits Language School. Passado um semestre, voltou para o ES para me acompanhar no transplante, aproveitando esse tempo também para viajar, tendo a oportunidade de visitar o Peru e participar da feira gastronômica “Mistura”, em Lima. E no início do ano, começou a pós: ‘Advanced Diploma in Culinary Arts’, na Prue Leith Chefs Academy, em Pretória. Movimento, movimento e movimento. Assim tem sido a vida da nossa guerreira, muito estudo, muito trabalho, novos lugares e culturas. Não sabemos o que o futuro reserva, mas temos certeza que será bom.

12Aula de empratamento: Farmed Scottish Salmon, chateaux potatoes, corn pure, baby vegetables, picked Rashid and herbs dressing.

Ivory (7)A formatura será em junho. Conseguimos reservar uns dias, para comemorar ao lado dela. E é claro, será em grande estilo e muuuuuuito frio. Em pleno inverno sul-africano :-p

Ivory (6)Nos hospedaremos no Ivory Tree Game Lodge, situado em Pilanesberg National Park. Serão dias de muito bate papo, safaris e experiências gastronômicas.

Ivory (5)Ivory (3)Ivory (2)Ivory (1)As fotos são do site do Lodge.

 

123467Essas fotos são do nosso último safari, em 2010 na Tanzânia…long time ago. Provavelmente não veremos essa biodiversidade, porque Lake Manyara, Serengueti National Park e Ngorongoro National Park, estão entre os melhores. Mas que será bom, certamente será. A vida é boa!

Beijocas e iluminada sexta para todos nós!


Gente, já está quase terminando a primeira quinzena de abril, loucura essa sensação de que o ano tem passado cada vez mais rápido. Temos que estar sempre ligados, caso contrário, não conseguimos fazer nada. No meio do ano, iremos para casa, para poder preparar tudo para o Final de Ano (tô falando que o negócio está corrido), ao que tudo indica, nossos familiares irão passar as Festividades conosco lá na Bahia…e a turma é grande. Então, aproveitaremos essa ida para poder organizar tudo. Uma das obras está pronta. Já começamos a decorar…e a outra, menor, decoraremos no meio do ano. Ansiedade pura!

casa6Nascer do Sol, essa bela paisagem pode ser vista a menos de 50 metros de casa. Que tal um Sup?

casa5Pôr do Sol na Barra do Rio Peruípe…caminhando uns cinco minutos, chegamos a essa belezura. Esse é um dos nossos programas favoritos para o final da tarde.

casa4A casa é para alugar, mas nós também gostamos de nos hospedar nela.

casa3Cozinha simples e com tudo à mão.

casa1Balcão para socializar com quem está na cozinha e com quem está na sala.

casaEsse salão foi construído durante a reforma, a intenção é criar um ambiente para leitura, jogos, preguiça ou assistir TV.

epataiaAo lado de casa, fica a Sorveteria da Barra, perdição para quem precisa manter o peso em dia :-( aiai…julho promete 😀 Nossa ideia é a cada visita ao Brasil, conhecer um local bacana. Porque normalmente nossas estadias em casa, são divididas entre consultas médicas e muito trabalho (lá na Bahia, onde temos construído nosso ninho para o futuro). Para essa temporada, estávamos divididos entre os Lenções Maranhenses e Gramado. Venceu a segunda opção. Passagens compradas, Hotel reservado…agora é só esperar, segurar a ansiedade e pesquisar bastante. Afinal, serão apenas quatro dias e meio, e pelo que pesquisamos, há muito o que fazer na cidade.

fotosOptamos por nos hospedar na Borges de Medeiros, o Hotel Casa da Montanha foi nosso eleito, segue fotos retiradas do site do Hotel.

lacaceria1Restaurante La Caceria, já fizemos nossa reserva.

lacaceria2Integrado ao Seleto grupo da Associação dos Restaurantes da Boa Lembrança 😉

quartoUm dos Apartamentos ‘Super Luxo’ <3

relax2Para relaxar com uma belíssima vista.

spaRelax!

taia3Olhando para o futuro, vivendo o presente…vamos seguindo. Plantando aqui, colhendo ali. E assim, nosso cronograma já salta para o final de 2015 início de 2016. E aí os sonhos se voltam para Fernando de Noronha (caro pra caramba), Praia do Rosa ou Bonito…vamos lá?! Beijos e bom final de semana.


Depois de curtirmos dias maravilhosos ao lado dos nossos pais e caçula, no Espírito Santo e na Bahia…é chegado o momento de irmos para o Ceará, município de Trairí, praia de Guajirú…Zorah Beach Hotel. Quando optei pelo hotel, imaginei ficar bem instalada, enquanto marido faria suas aulas de Kitesurf. Que nada! O vento sumiu! Fugiu! E quer saber?! Que bom! Tivemos outras experiência. Andamos muuuuuito de quadriciclo entre Lagoinha e Mundaú, passeamos de buggy, navegamos no Rio Mundaú de catamarã podendo observar o belo e conservado mangue que o local ostenta. Devido a escolha da data, a praia estava vazia, do jeito que gostamos. Os hóspedes do Hotel eram compostos em sua maioria por casais. Ficamos muito satisfeitos com o atendimento, funcionários bem treinados, discretos e sintonizados com a ‘vibe’ do lugar. Optamos pelo transfer, nada barato, mas muito cômodo. Especialmente no retorno, onde encararíamos um vôo longo para a África do Sul. Foram dias de descanso, namoro e muita comilança. E por falar em comilança, que delícia os pratos oferecidos pelo restaurante do Hotel, com muitos ingredientes locais. Acordávamos cedo para fazer o dia render. Com uma bela mesa de café da manhã, tapioca quentinha, frutas e outras delícias nos esperando. Resultado?! 1,5 Kg a mais…ah se o meu nefro me pega! 😀 Foram dias formidáveis!

1Belíssima recepção!

2Vista do nosso quarto.

6Café da manhã supimpa!

14Navegando pelo belo Rio Mundaú.

10Torres eólicas mudam o visual das dunas.

13Foz do Rio Mundáu.

Passeamos também por Flexeiras, uma graça. E Lagoinha, visitando a Lagoa das Almécegas.

12Mirante, em Lagoinha.

8Pedras tentam conter o avanço das águas, na Foz do Rio Mundaú.

Aconselhamos ir com uma boa quantia de dinheiro para as despesas extras com passeios. Levamos nossos equipamentos fotográficos, mas acabamos fazendo poucas fotos, preguiça pouca é bobagem. Seguem fotos do Hotel, retiradas da página do mesmo.

 16

19

21

18

24

Depois de oito meses de muito vai e vem entre Minas, Mato Grosso, Espírito Santo e Bahia. Final de ano no Congo, recém operada. Passeio por Maurícius e Guajiru, é chegada a hora de sossegar por uns meses na nossa casinha congolesa. O projeto para julho, era visitar Turquia e Grécia (mais uma vez ficará para outra hora). Optamos ir para o Brasil, para terminar de organizar nossas obras. E é claro, vou tirar uns dias para conhecermos uma nova região do Brasil. Alguma dica? Beijocas, saudades docêis ;-D

Maneiras (Zeca Pagodinho)

Se eu quiser fumar eu fumo
se eu quiser beber eu bebo
pago tudo que eu consumo
com o suor do meu emprego

Confusão eu não arrumo
mas também não peço arrego
Eu um dia me aprumo
tenho fé no meu apego

Eu só posso ter chamego
com quem me faz cafuné
Como o vampiro e o morcego
é o homem e a mulher

O meu linguajar é nato
eu não estou falando grego
Eu tenho amores e amigos de fato
Nos lugares onde eu chego

Eu estou descontraído
não que eu tivesse bebido
Nem que eu tivesse fumado
pra falar de vida alheia

Mas digo sinceramente
na vida, a coisa mais feia
É gente que vive chorando de barriga cheia
É gente que vive chorando de barriga cheia

© 2015 Epa e Taia pelo mundo Suffusion theme by Sayontan Sinha