Rss Feed Tweeter button Facebook button

londoneyeAmanhã estaremos embarcando, portanto, até o princípio de maio o blog estará de férias.

Beijinhos! Voltarei, cheia de novidades <3


DSC00238Depois de grandes perdas, um ano difícil…eis que chegou a hora de recomeçar pouco a pouco. E para isso, nada melhor do que investir o que temos de melhor. Trabalho, amor, paciência…aqui em casa, viagem, significa investimento. Filhota mais velha, está em Johannesburg estudando inglês e nesse final de semana, viajou para Botswana. Está em Gaborone, passeando e pondo em prática aquilo que aprendeu nos últimos três meses. Marido e eu, estaremos embarcando na próxima sexta. A casinha que compramos para alugar, está sendo reformada…decisão adiada por um tempo, mas que agora começou a ser posta em prática. Com o telhado tomado pelos cupins, chegou o momento de trocá-lo e assim, dar uma cara nova para a bichinha. E assim vamos plantando e daqui um tempo, colhendo.

E vocês, investem em quê, vossas economias? Vosso tempo? Vossa energia? [Confesso que gasto uma energia danada, me preocupando, na maioria das vezes atoa...faz parte].

Beijo grande e bom final de semana ;-)

vooTeco-teco que levou a filhota da África do Sul para Botswana. Mãe sofre :-(


6Foto roubada do álbum do FB da Julie Kitchens

 

Esse é o condomínio onde moramos, aqui no Congo. Gosto de morar aqui, lugar tranquilo, silencioso, onde posso por em prática a leitura, a escrita, os cuidados com a casa, comigo. Tem dias que não são fáceis, fico tristinha, pra baixo, mas sempre passa. Maridão está sempre ligado em mim. Me cuidando. Daqui há dois dias, completarão dois meses que o papai descansou. Continuo murchinha, mas se Deus quiser, o tempo me deixará menos triste. A viagem está chegando, os planos são muitos e há de ser uma delícia. Londres, York, Edimburgo, Gent, Bruges, Bruxelas, Luxemburgo e Amsterdam…mal posso esperar.

Beijos em todos! <3

Águas de março (Tom, brilhante Tom)

É pau, é pedra, é o fim do caminho
É um resto de toco, é um pouco sozinho
É um caco de vidro, é a vida, é o sol
É a noite, é a morte, é o laço, é o anzol

É peroba do campo, é o nó da madeira
Caingá, candeia, é o Matita Pereira
É madeira de vento, tombo da ribanceira
É o mistério profundo, é o queira ou não queira

É o vento ventando, é o fim da ladeira

É a viga, é o vão, festa da cumueira
É a chuva chovendo, é conversa ribeira
Das águas de março, é o fim da canseira

É o pé, é o chão, é a marcha estradeira
Passarinho na mão, pedra de atiradeira
É uma ave no céu, é uma ave no chão
É um regato, é uma fonte, é um pedaço de pão

É o fundo do poço, é o fim do caminho
No rosto o desgosto, é um pouco sozinho
É um estrepe, é um prego, é uma ponta, é um ponto
É um pingo pingando, é uma conta, é um conto

É um peixe, é um gesto, é uma prata brilhando
É a luz da manhã, é o tijolo chegando
É a lenha, é o dia, é o fim da picada
É a garrafa de cana, o estilhaço na estrada

É o projeto da casa, é o corpo na cama
É o carro enguiçado, é a lama, é a lama
É um passo, é uma ponte, é um sapo, é uma rã
É um resto de mato, na luz da manhã

São as águas de março fechando o verão
É a promessa de vida no teu coração

É uma cobra, é um pau, é João, é José
É um espinho na mão, é um corte no pé

São as águas de março fechando o verão,
É a promessa de vida no teu coração

É pau, é pedra, é o fim do caminho
É um resto de toco, é um pouco sozinho
É um passo, é uma ponte, é um sapo, é uma rã
É um belo horizonte, é uma febre terçã

São as águas de março fechando o verão
É a promessa de vida no teu coração
Pau, pedra, fim, caminho
Resto, toco, pouco, sozinho
Caco, vidro, vida, sol, noite, morte, laço, anzol

São as águas de março fechando o verão
É a promessa de vida no teu coração.


aline-final-3Muitas das nossas fotos, já foram mostradas aqui no blog ou no FB, e tantas outras, seguem guardadas em nossas pastas. Maridão decidiu guardar no Wix, parte do nosso porta-fólio. Para quem quer dar uma espiada, segue o link: http://epassuncao.wix.com/epataia

Beijocas!

 


eMaridão fez aniversário no dia seis…de noite, em casa, recebemos a surpresa oferecida pela Vera e Renato, que junto dos outros amigos brasileiros, vieram dar um abraço e comer um bolinho. Tão fofo! Surpresa para ele e para mim. Pois eu havia combinado de comemorarmos no sábado. E assim foi, comemoração dupla.  Para a festinha no sábado, preparei um almoço ‘sustança’, já que eles viriam logo depois do trabalho…e mais um tanto de docinhos, tamanho monstro.

fBrigadeirão com recheio de cereja e docinhos de leite ninho (adoooooooro).

iOs meninos grandes, se acabaram de comer.

dFuçando no armário, encontrei alguns enfeites de aniversário, que a Camila nos deu. E assim, as lhamas, bexigas, pratos, copos e guardanapos verdes, deram humor ao evento.

 

cO bolo, uma floresta negra meio sem vergonha, fez sucesso…eu, passo. Prefiro de frutas com creme confeiteiro ;-)

 

bO rango sustança foi: arroz, feijão, rabada, ossobuco com mandioda e salada. Pensem num povo que comeu até suar…rsrsrsrs.

gNada de pratos, comida bruta, pede caneco.

aOs desejos para o meu menino, são os melhores. Ele merece!

 

 


Estamos terminando de montar nosso roteiro para abril. Depois da cachoeira de lágrimas dos últimos trinta dias, é hora de se recompor. Deixar a vida tomar seu rumo. Mamãe irá para o Paraná, (dia 09 de abril, papai completaria 75 anos) e depois, segue para Minas, onde passará a Páscoa com a minha mana e família. Marido e eu, vamos para a Europa. Com alguns destinos já definidos e outros, talvez deixemos para escolher na hora, conforme a oportunidade e vontade. Há de ser uma viagem bem bacana.

a

b

Houses of Parliament seen from Victoria Tower

e

gNão vemos a hora de contemplar essas belas imagens in loco…fotografar, curtir, namorar…estamos precisando.

Beijo grande e que venha março, mês do meu maridão ;-)


…segue. Mamãe chegou em casa, sozinha. Nova vida. Nova rotina. Novos sonhos. Nada como o tempo para colocar tudo em seu devido lugar. Beijos, obrigada pelo carinho e solidariedade de vocês :-D Que tenhamos todos, uma semana abençoada! Peço ao Papai do Céu, atenção especial com a minha mãezinha. Que a Dor se transforme em Saudade!


family (319)“A morte é só uma mudança de estado. Depois dela, passamos a viver em outra dimensão.”

Papai descansou!


9

13Ando precisando me distrair…mantendo a cabeça ocupada, tenho conseguido passar os dias um pouco menos chorosa. Seja desabafando aqui no blog, lavando roupa, conversando com minha amiga Vera, cozinhando, organizando a casa, montando nosso roteiro de viagem para abril e fotografando. Aproveitamos que o dia de ontem estava agradável, para fazer uns cliques do jardim, que logo mais deixará de existir. A seca aqui é longa e tudo fica amarelo. Tentamos por os ensinamentos de nosso professor de fotografia, em prática. Coisa difícil, viu! Ainda bem que as flores ajudam na composição…rsrsrsrs. São flores simples, pequenos insetos e pássaros. Na semana passada, contei mais de vinte garças comendo insetos no gramado. Coisa boba, que quando desaparecem, fazem uma falta danada.

4Da varanda, observo o cotidiano no condomínio. Empregados andando de lá para cá, com cestos de roupas e material de limpeza. Outros, com ferramentas…crianças correndo para o parquinho. No final da tarde, alguns homens jogando futebol na quadra. O moço do carrinho de cortar grama, fazendo barulho e deixando o gramado em dia. O jardineiro que passa horas, pacientemente limpando o jardim e plantando novas mudas. E aqui dentro, música…o tempo inteiro. Trouxe vários cd’s para me fazer companhia. Renato Teixeira, Caetano Veloso, Belchior…

7E assim vai passando o dia. Ontem falei com a mamãe. Meu velho não pôde fazer a quimio, plaquetas muito baixas. Já não tem saído do quarto, mas sempre tem alguém com ele, mana, sobrinhos, cunhado e a mamãe, sua fiel companheira. Na sexta, irá novamente ao médico, vejamos o que ele dirá. E assim seguimos com dias arrastados, ainda bem que existem as flores…

Boa semana, obrigada pelo carinho de vocês.


 

Ontem falei com a mamãe, a situação está cada dia mais difícil…papai está começando a parar de comer. Não me machuca a morte, porque essa está para mim, pra você…me dói a morte lenta, diária. Essa, acaba comigo. Fui dormir chorando, aninhada nos braços do marido. Só ele mesmo para tirar um pouco do peso que sinto nesse momento. Deus, tenha piedade…não torne esse momento ainda mais difícil para o meu velho. Tome-o em seus braços, sem dor…por favor. E o mais incrível da vida, é que ela continua…as contas vencem, o trabalho há que ser feito, o alimento há que ser ingerido…os filhos estudam, as coisas quebram, a música toca, as flores nascem…as pessoas comemoram…e eu, cá estou…no meio de tudo isso. Façamos pelos nossos, em vida. Não deixemos eles partirem, para chorar. Sigo com a consciência em paz, porque tento dar o meu melhor, enquanto filha. Mais um dia…mais uma quimio…e a vida segue.

1Não tive ânimo nem para ir ao restaurante, tomar café…mas é sexta, dia de trocar a roupa de cama…por flores dentro de casa…porque a vida segue…

2E amanhã, Graças a Deus, será sábado…maridão estará em casa mais cedo. Preciso de colo nesse momento.

 

3As mensagens diárias dos filhos, chegam…do Mato Grosso, do Espírito Santo, de Johannesburg…me arrancando sorrisos…e a vida segue.

4A vida segue!

Que meu coração se acalme.

Paz e bem!

 

© 2014 Epa e Taia pelo mundo Suffusion theme by Sayontan Sinha